Gil Palazzo
Aldo Jung - Bateria
Começou a tocar bateria em 1966, ano que em que formou sua primeira banda: The Old Stones. Durante seis anos tocou em vários grupos de rock de Porto Alegre, tais como Hooligans, New Hooligans, Banda do Pentágono da Paz e Caos. Também compôs outras formações com pouca duração. Em 1972 parou de tocar porque não conciliava a profissão de publicitário com a música, que, na verdade, era mais um hobbie.
Em 1996, ou seja, 30 anos depois de os Old Stones terem se apresentado em público pela primeira vez, os antigos companheiros se reuniram para tocar em uma festa em recordação àquela data. Renasceu a banda The Old Stones, que durou mais alguns anos.
Desde então, não parou mais de tocar, só pelo prazer. Está com Gil e André desde o tempo da Escravisaura, na qual entrou pouco antes de se tornar Folk'n'Roll.
   [Topo]

Aloar Griggio - Guitarra solo
Aprendeu a tirar os primeiros sons de um violão de plástico quando era bem guri, em Bento Gonçalves. Cansados de ouvir aqueles sons, seus pais lhe presentearam com um violão Tranquilo Giannini.
Depois de adquirir bases técnica e teórica em aulas de violão, em meados dos anos 70 começou a tocar com amigos em bandas que nem nome tinham, animando jantares, aniversários, casamentos, festivais, etc.
No início dos anos 80, morando em Porto Alegre, por algum tempo tocou em bares, hobbie que foi substituído por atividades profissionais.
No final dos 90, desempoeirou violão e guitarra e buscou resgatar o caminho musical. Eric Clapton foi redescoberto, e o rock'n'blues entrou na pauta.
Em 2006, foi convidado a integrar a Folk'n'Roll.   [Topo]

André Tesheiner - Teclados
Quando criança, começou a estudar música, aprendendo a tocar flauta-doce, no Conservatório de Música Léo Schneider, do Instituto Metodista de Educação e Cultura, em Porto Alegre. Aos 11 anos, já se apresentava em recitais, integrando conjuntos de flautas, piano, órgão, atividade que perdurou por mais de 10 anos.
Desde cedo, também estudou outros tipos de flauta (contralto, tenor e baixo), continuando a participar de apresentaçãos em locais diversos. Interessou-se por órgão eletrônico e teclado, sem, porém, estudo dedicado.
Em 1991, concluiu o curso de flautas soprano e contralto, bem como o de teoria musical.
Em 1998, editou CD "caseiro" intitulado "Sol-e-Dós", repetindo-se igual trabalho nos anos de 2003 e 2006 (Música de Câmara vols. I e II), com repertório de músicas barroca, clássica, popular brasileira e algumas composições próprias, tudo com conjunto de flautas, piano, teclado e violão. Em 1997, passou a integrar a banda Escravisaura, tocando teclado, o que o motivou a estudar piano clássico, mas só por poucos anos, em razão de sua vida profissional. Naquela Banda conheceu Gil, que o convidou a participar da Folk'n'Roll.   [Topo]

Antônio Ricardo Terra Dalpicol - Contrabaixo
Começou sua vida musical como guitarrista, no início dos anos 90. Como não teve muito sucesso na opção, assumiu os vocais como função principal nas bandas que tocou. A partir de 2010, começou a se envolver com o contrabaixo, instrumento que somou com a atividade vocal atualmente. Tocou em bandas como Guarda Ganga, Lei Seca, Mr. Brazil, Jack Cevada e Hyphens, além de apresentações solo. Tem influencia direta do Rock and Roll clássico, heavy metal, grunge, punk e folk.   [Topo]

Gil Palazzo - Guitarra base
Antes de se meter a músico, entre 1963 e 1965, Gil já tinha um microfone, um violão e já havia fabricado uma guitarra. Como a "invenção" não deu muito certo, em 1966, começou a tocar num contrabaixo emprestado e entrou na primeira banda, chamada MacDonald's. Era como uma banda de baile, tinha até violino. O repertório era baseado em Renato e seus Blue Caps, Incríveis e outros. Só cantavam em português. Neste mesmo ano Gil começou a compor.
Em 1967, fundou uma nova banda, desta vez ao estilo dos grupos ingleses. Chamava-se Shames e o vocal era impecável.
Em 1969, Gil parou de tocar em bandas. 30 anos depois, em 1990, formou uma dupla chamada "O som dos bons tempos". Do repertório constavam músicas do Renado e seus Blue Caps, Roberto Carlos, Elvis Presley, Alan Parsons, Bee Gees, Beatles e outros. A dupla resistiu até 1992.
Em 1994, Gil e amigos fundaram a Old Boys, cujo estilo era essencialmente baseado em Beatles, mas sem deixar outros grupos de lado.
Em 2000, entrou para a Escravisaura, fazendo guitarra líder e principal vocalista.
Em 2006, juntamente com o Aldo — que participou da última formação da Escravisaura — e mais um dos integrantes desta,fundaram a Folk'n'Roll.
   [Topo]
Aldo Jung Aloar Griggio André Tescheiner Antonio Ricardo Terra Dalpicol Gil Palazzo Gil Palazzo